O vinho tinto é bom para o coração?


Há muito tempo, o vinho tinto tem sido considerado bom para o coração. Algumas pessoas sugerem que o benefício mais visível da ingestão diária do vinho tinto reside na diminuição do risco de doenças cardíacas.

Todavia, existe o chamado 'paradoxo francês'. Os franceses tomam vinho tinto regularmente, mas consomem alimentos ricos em gorduras saturadas (as quais elevam o 'mau colesterol'). Apesar disso, os franceses apresentam uma frequência menor de doenças cardíacas.

A classe médica ainda hesita em recomendar uma taça de vinho tinto no jantar, pois teme encorajar a ingestão de álcool, principalmente em demasia, causando assim mais danos à saúde de seus pacientes do que benefícios. A despeito desta preocupação, os(as) médicos(as) concordam que o vinho tinto possui algo benéfico para o coração. A dúvida está em precisar exactamente que 'algo' é este. Pesquisas recentes apontam para uma substância, o resveratrol, encontrada na casca das uvas usadas para fabricar o vinho.

Não obstante esta substância, o álcool do vinho tinto também parece ser benéfico. Inúmeros estudos indicam que qualquer tipo de álcool beneficia o coração.
Tais benefícios incluem:
>> Aumento do HDL ou do 'bom colesterol'
>> Redução da pressão sanguínea
>> Inibição da formação de coágulos sanguíneos
>> Auxílio na prevenção de danos às artérias (danos causados pelo LDL ou 'mau colesterol')

Entre as diversas formas do álcool, o vinho tinto seria mesmo o melhor? Um estudo extenso conduzido na Dinamarca no ano de 2000 indicou uma queda de 50% no risco de mortes por doenças cardíacas nos(as) aficionados(as) por vinho tinto. Contudo, outros estudos indicam que o vinho tinto não é mais benéfico do que o vinho branco, a cerveja ou os destilados. Isto é o que afirma a Associação Norte-Americana de Cardiologia.

Ainda existe a necessidade de mais pesquisas antes de podermos recomendar o uso do álcool como benéfico à saúde. Se você for consumir álcool, deve fazê-lo com moderação; ou seja, duas taças para o homem e uma taça para a mulher por dia. Entende-se por uma taça, o equivalente a 150cm3. Por isso, 'aprecie com moderação'!


J.C. Lane
Faculdade de Ciências MédicasUnicamp
Fundação Centro Médico de Campinas

Sem comentários: